Resenhas

28 de março de 2015

Resenha #33: Stripped - Jasinda Wilder

......
Livro: Stripped
Autora: Jasinda Wilder
Páginas: 350
Sinopse: Então, a pergunta é, como eu me meti nessa situação? Simples: o desespero. Quando você se depara entre ser um sem-teto com fome ou tirar a roupa por dinheiro, a escolha é mais fácil do que você imagina. Isso não se torna mais fácil, no entanto. Oh, não. Eu odeio isso, na verdade. Não há nada que eu gostaria mais do que parar e nunca ir para outro bar, nunca mais ouvir a batida techno pulsando em meus ouvidos, nunca mais sentir os olhares lascivos de homens com tesão novamente. Então, um dia, eu conheço um cara. Ele está no meu clube. Na minha frente e no centro. Ele observa-me fazer o meu número, e seu olhar está cheio de fome. Não é o tipo de desejo que eu estou acostumada. É algo diferente. Algo mais quente, mais profundo e mais possessivo. Eu sei quem ele é, é claro que eu sei. Todo mundo sabe quem Dawson Kellor é. Ele é o homem vivo mais sexy da revista People. Ele é o ator mais quente de Hollywood. Ele é o homem escolhido a dedo para o papel de Rhett Butler no remake de o Vento Levou. Ele é o tipo de homem que pode ter qualquer mulher no mundo inteiro apenas chamando-a com o dedo. Então por que ele está olhando para mim como se tivesse que me ter? E como faço para resistir a ele quando ele olha para mim com aqueles olhos intoxicantes, mutáveis e cheios de vivacidade? Eu sou virgem, e ele é o ícone americano da sexualidade masculina. Eu sou uma stripper, e ele é um homem acostumado a ter tudo e qualquer coisa que quer. E ele me quer. Eu sei que deveria dizer não, eu sei que ele é o pior tipo de jogador... mas o que a minha mente sabe, meu corpo e meu coração não. E então as coisas ficam complicadas.

Grey Amundsen é uma jovem de quase 18 anos, linda, com um corpo cheio de curvas que são de dar inveja às garotas, e claro, que chamam a atenção dos garotos. Ela é apaixonada por dança, à algum tempo ganhou uma bolsa de estudos da Sra. LeRoux, a professora de dança, para que pudesse participar de forma gratuita das aulas.

Com alguns horários de aulas vagas na escola, Grey decide assistir as aulas de cinema e se apaixona por todo esse mundo do cinema, e no fim das aulas, recebe uma proposta de seu professor que não é de se jogar fora. Ele ensina cinema numa instituição chamada The Film Connection e acredita que Grey pode ser uma grande candidata à ganhar uma bolsa de estudos.

Mas tem um mega problema, o pai de Grey é pastor, isso mesmo, então, é claro que ele não permitiu isto, ele é muito rigoroso, quer que Grey seja "perfeita", que não se envolva com coisas mundanas.

A mãe de Grey sempre tenta ajudá-la no que puder. Mas há algum tempo, ela vinha sentindo fortes dores na cabeça, mas nunca procurou um médico, ela achava que era normal, até que ela desmaia e é levada ao hospital, onde após alguns exames descobrem que ela tem um tumor no cérebro. Mesmo com toda a luta e todo tratamento, ela não resite e acaba falecendo. Isso faz com que tudo desabe, e se antes disso o relacionamento de Grey e seu pai já não era bom, depois disso é que eles se afastam mais.

Grey é aceita na faculdade para cursar cinema, e como já não tem mais a sua mão, ela não hesita em ir embora logo, mas seu pai avisa logo que se ela for para a faculdade, estará por conta própria, e é o que acontece, ambos nunca nem ligaram um para o outro.

Já na faculdade, depois de algum tempo, mais outra bomba cai sobre Grey, a sua bolsa já não cobre mais seus estudos, então ela se vê perdida, quase passando fome, e precisa de um emprego para se manter e manter seus estudos. Então ela sai à procura de emprego e não encontra nenhum. Mas ela não desiste e acaba encontrando um, mas não era o que ela esperava. Ela encontra um emprego de stripper.

Grey não tem opções, tem que aceitar se quer continuar comendo e estudando. Agora ela é uma stripper. Uma garota virgem e stripper. Que precisa dançar e tirar a roupa para se manter, e ela se sente horrível por isso, mas não tem outra opção.

Certa noite, Grey é chamada para fazer uma apresentação na sala VIP, e se sua vida já estava de cabeça para baixo, fica pior ainda. Ela acaba conhecendo Dawnson Kellor, um ator mega famoso e um dos caras mais desejados pelas mulheres. E assim que ele coloca os olhos em Grey, ele se pergunta o que uma garota como ela está fazendo em um lugar como aquele?
"Existem quatro homens na sala. Três deles são incrivelmente lindos. O quatro? Ele é um deus do cinema."
"O quarto homem é Dawson Kellor. Meu coração para, a respiração trava. Eu vi fotos dele, eu o vi em seus últimos filmes. Mas nenhum deles lhe faz justiça; Nem perto disso. Na tela ele é de tirar o fôlego. Características nítidas, penetrantes olhos castanhos, cabelo escuro em algum lugar entre o marrom e o preto. Alto e ridiculamente lindo, com os braços esculpidos e um peito duro, largo. Ele é uma mistura de Brad Pitt, Henry Cavill, Josh Duhamel e muito mais. É assim que ele aparece na tela. Em pessoa... ele é além da perfeição."
Pois é, que complicação né? Eu gostei do livro, só que acho que a estória decaiu, no início, vemos uma Grey forte e decidida, depois uma Grey fraca e dependente. Também acho que as coisas aconteceram meio rápido entre eles. Poxa Jasinda, eu acredito que você poderia ter feito melhor :(. Mas mesmo assim, eu gostei do livro, vi várias resenhas negativas e muitas pessoas xingando o livro, achei totalmente desnecessário xingar um livro só porque não gostou, isso é feio gente, é falta de educação e respeito com quem o escreveu, mesmo que não tenha agradado à você.
"Ele me trouxe café da manhã. Na cama. E ele fez isso sem camisa. Mulheres da América, fiquem com ciúmes."

Postado por Jéss Winchester

14 comentários:

  1. Oie, Jéss!
    Não gosto de livros assim, mas esse específico me chamou atenção por causa da trama. Não é tão clichê. Quero muito ver como a Grey encara essa nova vida e o provável romance que ela tem com o astro hollywoodiano. Só fiquei meio chateada em ver que a personalidade dela oscila tanto no livro.
    Também acho desnecessário xingamentos a um livro só porque este não lhe agradou. Pessoas assim são imaturas e sequer deveriam ter um blog de resenha, na minha opinião.
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Celly.
      É um bom livro Celly, apesar de ter decaído um pouco. Concordo com você Celly, acho isso muito feio e mal educado.

      Beijos

      Excluir
  2. Oiiiê
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei bem legal essa sinopse e a resenha, kkk
    mas não seiria um livro que eu leria, kk, mas quem sabe eu mude de ideia
    bjks

    Passa Lá: http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jéss, tudo bem? Não conhecia o livro e a sinopse me pareceu interessante. Mas, infelizmente, não pretendo lê-lo, não no momento. Mas eu amei sua resenha! Beijos.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. pela sua resneha parece ser muito bom ;)

    te indiquei pra responder uma tag tbm, corre aqui
    http://www.loucura-literaria.com/2015/03/tag-7-coisas.html

    beiijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Jess!
    Bom, adoro os livros da Jasinda e sou fã do gênero hot, mas Stripped ainda não havia tomado todo meu interesse, mas sua resenha me deixou com vontade de correr atrás do ebook, e é isso que vou indo fazer agora haha!

    http://veiasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, oi Jéss! Como vai? o3o
    Pela resenha o livro parece ótimo. Como não amar a Jasinda?
    ótimo post, beijos~~| c-oloredcotton

    ResponderExcluir
  7. Oi Jess, tudo bem?
    Não lembro de já ter lido algo desta autora, por isto não posso opinar na questão do livro ser diferente dos outros dela. Mas, achei a premissa da história interessante e vou colocar na minha lista de futuras leituras.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéss!
    Eu não gosto muito de livros deste tipo, mas adorei sua resenha!
    www.dai-sies.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu não leria esse livro, pois a premissa dele não chamou a minha atenção e ao saber que a história decaiu me deixou mais desanimada ainda, mas concordo contigo sobre xingar o livro, isso não é correto, as pessoas precisam saber expor uma opinião negativa sem ser mal educado, né?

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá :) Gostei muito da resenha!!! :D A proposta do livro é bem interessante e diferente, entretanto, não faz muito meu gosto. Mas a sua resenha fez eu sentir curiosidade. ;D
    Gostei bastante de saber que a Grey curte dança e coisas relacionadas ao cinema.
    Percebe-se que a protagonista enfrenta um complicado drama familiar.
    Beijos! <3
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  11. Acho legal livros desse tipo!
    Deu vontade de ler ele hehe

    Beijoos
    http://brunagenero.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Esse foi um dos primeiros livros que li dela, e como você disse no começo é muito bom, e depois a historia decai e muito, a menina com personalidade que você vê no começo, some do livro e vira essa menina apaixonada entre outras coisas... A Autora deixou muito a desejar.

    Bjos

    Every Little Book

    ResponderExcluir

Regras:

. "Seguindo, segue de volta?" , aceito, mas ao menos comente sobre o que foi postado.
. Não aceitamos mais Tags nem selinhos.
. Aceito afiliação, basta falar.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir ;)